Início » Aleitamento Materno » Rede Internacional de BLH

Rede Internacional de BLH

No segundo dia do 13° Congresso Paulista de Pediatria, o Prof. Dr. João Aprígio Guerra de Almeida falará sobre a Rede Internacional de Bancos de Leite Humano (BLH), que desde sua fundação tem contribuído intensamente para redução da mortalidade infantil, e sua a expansão para 23 países, constituintes da rede Iberoamericana de BLH.

Abaixo, a Dra. Maria José Guardia Mattar, vice-presidente do Departamento Científico de Aleitamento Materno da SPSP, fala sobre os principais aspectos da rede, desde sua criação, desenvolvimento e sua importância atual no cenário nacional e mundial para distribuição de aleitamento materno e nutrição infantil.

 

Sobre

 

A Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano (RedeBLH-BR) é a maior, mais complexa e mais bem estruturada rede de BLH do mundo em atenção à saúde materno infantil, desenvolvida em 1998 pelo MS /FIOCRUZ), no âmbito de atuação dos BLH. João Aprígio Guerra de Almeida foi reconhecido internacionalmente por esse trabalho na 54ª Assembleia Mundial de Saúde, em 2001, em Genebra, recebendo o prêmio Sasakawa.

As ações dos bancos de leite no Brasil deixam de ser simplesmente um local de coleta de um produto que era comercializado, para se engajarem na pro

Presidente da 54ª Assembleia Mundial da Saúde, Diretora da OMS Dra Gro Harlem Brundtland e João Aprígio Guerra de Almeida ( Genebra, 2001).

Presidente da 54ª Assembleia Mundial da Saúde, Diretora da OMS Dra Gro Harlem Brundtland e João Aprígio Guerra de Almeida ( Genebra, 2001).

moção do aleitamento materno, constituindo-se em importante estratégia de política governamental em prol da amamentação.

A realização de cooperações internacionais teve como objetivo formar multiplicadores para viabilizar a transferência de tecnologia de BLH a outros países. Foi uma iniciativa de grande impacto para diminuir as condições adversas de saúde de grupos populacionais e em situação especiais de agravo, como recém-nascidos de baixo peso, contribuindo para a redução da mortalidade infantil no seu componente neonatal, em cumprimento dos objetivos do Milênio.

 

Expansão

 

Em 2003, com o apoio da Organização Pan-Americana de Saúde, teve início um processo estruturado de ampliação da Rede BLH para o continente americano. Em 2005, no II Congresso Internacional de BLH, em Brasília, criou-se a Rede Latino-americana de BLH, na qual esses países, hoje, estão implantando seus BLH com toda a tecnologia brasileira. Em 2007, foi aprovado o Programa Cumbre de Red de Bancos de Leche Humana, com base no modelo brasileiro coordenado pela FIOCRUZ. Os chefes de Estado e de Governo dos países que participaram da Conferência Iberoamericana realizada no Chile (22 chefes de Estado e Governo de nações espanholas e portuguesas da América Latina e Europa) discutiram sobre o tema central: “Coesão social e políticas sociais para atingir sociedades mais inclusivas na Ibero-América”. No art. 19 do Programa de Ação, foi aprovado o Programa Cumbre de Red de Bancos de Leche Humana, como proposta auxiliar para erradicação da desnutrição infantil na América Latina e no Caribe.

Em 2008, foi instalada na FIOCRUZ a Secretaria Executiva da Rede Ibero-Americana de Bancos de Leite Humano, que será a base para o Programa de Apoio Técnico para a Implantação da Rede Ibero-Americana de Bancos de Leite Humano, para a troca de conhecimento e tecnologia nas áreas de aleitamento materno e BLH. Até o momento, dos 23 países signatários da Cumbre, 8 já fazem parte do programa: Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Espanha, Paraguai, Uruguai e Venezuela. O trabalho de cooperação internacional desenvolvido pela Rede Brasileira de BLH foi ampliado para os países-membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), com a aprovação do “Projeto para Implantação de Rede de Bancos de Leite Humano nos Países da CPLP”, que reúne 8 Estados-membros: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste, tendo como objetivo apoiar o aleitamento materno ecoletar e distribuir LH, contribuindo para a redução da mortalidade infantil.

A partir de 2008, foi criada a rede Iberoamericana, chegando em 2012 com a participação de 23 países desenvolvedores da mesma tecnologia da RedeBLH-BR. No Brasil funciona, desde dezembro de 2012, 209 BLH distribuídos em 27 estados da federação, sendo que São Paulo é o estado que possui maior número de bancos (54 em funcionamento).

 

Funcionamento estratégico da rede BLH

 

A Rede BLH possui um fluxograma organizacional, isto é, são determinadas ações normativas de pesquisa e de funcionamento por meio da CNBLH e do Centro de Referência Nacional, que passa aos Centros de Referência Estadual e Comissões Estaduais, que são os responsáveis por transmitir a todos os coordenadores e profissionais que atuam nos BLH da sua área de abrangência.

O Centro de Referência Estadual tem como meta assessorar a implantação e a implementação dos BLH/PCLH e treinar a equipe para desenvolver as atividades da rotina operacional diária desde o cadastro e seleção das doadoras até o processamento e controle de qualidade do LHO, além de promover a distribuição de acordo com as necessidades do receptor em relação à sua fase de desenvolvimento.

Possui um portal que tem como objetivo ampliar a difusão da informação no âmbito dos BLH. Além de reunir um acervo técnico-científico sobre aleitamento materno e Banco de Leite Humano, o qual abriga distintas comunidades virtuais voltadas para temáticas específicas, a exemplo da Rede Latino-americana de BLH e qualidade em BLH. Dessa forma, a Rede BLH passou a oferecer produtos que são de grande importância para o funcionamento dos BLH, de acordo com os padrões de qualidade, normatizados pela vigilância sanitária, e de resolutividade para o cumprimento do objetivo do milênio, de redução das taxas de mortalidade infantil.

A rede oferece o Sistema de Gestão pela Qualidade em Bancos de LH(BLH-WEB) voltado para a garantia da qualidade dos produtos e processos sob a responsabilidade dos BLH, que permite a operação remota e em ambiente web, disponibilizando ajuda online em tempo real aos usuários.

Para saber mais detalhes do funcionamento da Rede Internacional de BLH acesse o portal: www.redeblh.fiocruz.br e não deixe de assistir a conferência no 13º Congresso Paulista de Pediatria, que será proferida pelo coordenador da Rede Iberoamericana, Prof. Dr. João Aprigio Guerra de Almeida, do BLH- Referência Nacional, do Instituto Fernandes Figueira/FIOCRUZ/RJ.

 

Maria José Guardia Mattar

 Vice-presidente do DCAM da SPSP

 Coordenadora da Rede Paulista de BLH/SES

 Consultora da Rede Brasileira de BLH

 


O que você achou? deixe suas dúvidas, ou comentários!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Mais artigos

1° dia do Congresso Paulista de Pediatria 13° congresso Paulista de Pediatria; desconto congresso Adolescente Adolescência Adriana Mazzoni Aleitamento Materno atendimento ao adolescente banco de leite BLH Cirurgia pediátricia Conferências conferências congresso congresso congresso paulista congresso paulista de pediatria Congresso Paulista Pediatria Congressos SP 2013 crise curso de pressão arterial curso de transporte de recém-nascido curso pré-congresso pediatria curso sobre acções cirúgicas Cursos Pré-congresso Departamento de Saúde Mental da SPSP dificuldades na cirurgia doenças em crianças doenças graves em recém-nascido Dra. Lucia Bricks Eliana Guidoni Evento SPSP ferreira Fotos congresso Gripe Gripe Suína HAS na Criança hipertensão Influenza A inscri inscrições para o congresso paulista de pediatria Livros SPSP Lucia Coutinho medida de pressão Medida de pressão arterial na infância Miram Silveira morte por influenza nefrologia Neonatal neonatologia Novas Publicações Odontopediatria paulista pediatria 2013; desconto Pediatria ponto e contraponto Pressão arterial em criança recém-nascido Recém-nascido; colóquios; congresso; sinais de risco recém-nascido de muito alto risco rede internacional de leite Saúde Mental saúde mental dos recém-nascidos Saúde Oral Saúde Oral da Criança e do Adolescente Segurança Infantil Sinais de alerta em recém-nascido sinais de doenças em crianças São Paulo Série Atualizações Pediátricas TDAH teste do coraçãozinho teste neonatal Transporte do Recém-nascido tubo Vacina Influenza vada valva
%d bloggers like this: